terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Qual é a melhor definição ou quais são as melhores?

Resolvi postar de novo Rilke, Pabline e Roney, kkkk... Prometo que a partir deste serão semanais os posts.

Bem, quando o assunto é sentimento, muitas das nossas definições não conseguem explicar nada.

"O que é o amor?". Essa é uma pergunta difícil de responder, mas crianças de 4 a 8 anos responderam! Gostei demais do videozinho e gostaria de compartilhar com todos!


video

10 comentários:

Floriano disse...

Nada mau mesmo esse video!! Foi mt bom mesmo rsrsr mas será q o Jô entendeu o final???

Pabline Rafaella disse...

kkk Há várias definições interessantes nesse vídeo rsrsrs a da batatinha e a de Jesus foram as melhores!!!

Rilke de Souza disse...

kkkkk, negão eu vou te perdoar só porque o video é muito bom!!!
Flor!! eu te garanto que o Jô não entendeu o final!!!

Rev. Heli Donizete disse...

Esse vídeo realmente é bem legal, pois o Jô consegue deixar "engraçadinho" porque é caricato. A parte das batatinhas fritas lembra quando vc Danilo e eu vamos ao Jacaré. Kkkkkk. Mais o que mais impressiona é que criança não é boba e as definições mais simples são também as mais profundas. "Quando alguém te ama até a forma de falar o seu nome é diferente!" "Meu pai era a única pessoa de quem eu não sentia medo!" Pois bem, são palavras sem malícia e que revelam pureza e uma maneira alegre e terna de definir o que para mim não é fácil de definir, pintar, cantar, narrar, nem imaginar... é o amor. E é mesmo, por amor Cristo não desceu da cruz!

Danilo Neves disse...

Eu fico me perguntando porque ele disse a última definição de amor... Gostei muito daquela definição onde diz que não havia medo quando a criança olhava para o pai na plateia. Isso me fez lembrar este texto:

"No amor não existe medo; antes, o perfeito amor lança fora o medo. Ora, o medo produz tormento; logo, aquele que teme não é aperfeiçoado no amor" 1Jo 4.18

Danilo Carlos disse...

Eu já tinha visto um power Point deste vídeo e realmente é muito interessante observar as várias definições de amor que às vezes não sabemos fazer.

É interessante notar que é difícil definir o óbvio e as crianças fizeram isto muito bem exemplificando os conceitos de amor, principalmente a última.

Neves, nós te perdoamos porque o post não é muito longo e é muito bom...hehehhehhee

Arthur disse...

o amor né facil nao, é complikado! =D

Danilo Neves disse...

O amor é complicado ou somos nós os complicados, meu personal trainer?

Arthur disse...

O amor é simples, mais nós o complicamos [as mulheres] Brincaderaa! O amor é complexo, mais é fácil, é complicado, mas é simples, o que depende, é como lhe damos com ele e apartir de quais principios! =D

Alberto Francener disse...

O menino que falou que amor é quando alguém te dá batatas fritas sem esperar que você dê batatas fritas depois com certeza é o Neves quando era pequeno...

Concordo com o Rev. Heli que uma das mais bonitas definições ou exemplos ditas pelos menininhos é que "Quando alguém te ama até a forma de falar o nome é diferente"...

Porém a mais bonita das definições de fato é a última, pois, de fato, se Cristo quisesse Ele não estaria pregado na cruz, mas o fez por amor. E isso é a maior prova de amor: o justo morrendo pelos injustos (Rm 5.6-7: "Dificilmente, alguém morreria por um justo; pois poderá ser que pelo bom alguém se anime a morrer. Mas Deus prova o seu próprio amor para conosco pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores.")

Mas acho que o Jô não entendeu a mensagem dessa criança...