terça-feira, 9 de agosto de 2011

Como pode Deus ser amoroso e mandar pessoas para o inferno? - D. A. Carson


"Nossa cultura é tão norteada pelo tempo presente, que rejeitamos descrições de julgamento final. Não temos medo do inferno. Temos mais medo de guerras, velhice, enfermidades, pragas e falência. Temos mais pavor de juízos temporais do que do julgamento final... Isso diz muito sobre o nosso foco na vida presente." Carson, Escândalo


Um comentário:

Ulisses disse...

tento conciliar a doutrina da predestinação/eleição com o pequeno número de cristãos no oriente. Deus teria elegido poucas pessoas lá?

ulisses